arrow_drop_down
MATÉRIA: Necessidades básicas da criança 5

MATÉRIA: Necessidades básicas da criança 5


Seguindo nossa reflexão baseada no livro “Sete Necessidades Básicas da Criança”, entraremos hoje em um tema: AS CRIANÇAS PRECISAM DE ELOGIOS

Quem não gosta de ser elogiado, né? Isso faz muito bem para o nosso coração e autoestima e em relação aos nossos filhos? Você tem esse hábito?

Quando elogiamos uma criança, nós a encorajamos a aproximar-se de nosso cálculo de seu potencial. Atraímos para nós a parte de tudo que apreciamos. “É um grande erro quando os homens deixam de fazer elogios, pois quando cessam de dizer o que é agradável, desistem de pensar coisas agradáveis”.

Em uma pesquisa feita pelo Instituto Americano de Relações Familiares, foi pedido às mães que registrassem o número de vezes que faziam comentários negativos e positivos para os filhos. Eles descobriram que elas criticavam 10 vezes mais do que elogiavam. Uma conclusão do estudo foi que quatro declarações positivas são necessárias para apagar os efeitos de uma declaração negativa para a criança.

A criança que não recebe elogios e apreciação normais, busca essas coisas de maneira estranha e até prejudicial. Um grama de louvor pode fazer muito mais do que uma tonelada de críticas, quando procuramos algo para elogiar sempre encontramos alguma coisa em cada criança.

Nas palavras de Martinho Lutero: “Poupe a vara e estrague a criança – isso é verdade. Mas além da vara, mantenha uma maçã à mão e dê a seu filho quando se comportar bem”.

Há uma história em que uma menininha chegava todos os dias suja na escola. A professora achou que era sempre a mesma sujeira, por ser bondosa e compreensiva ela não queria magoar os sentimentos da menina nem embaraça-la. Ela sabia que a menina não estava tendo a atenção necessária em casa, talvez os pais não se incomodassem, mas a professora sim.

“Você tem mão bonita”, disse a professora um dia. “Porque não vai ao banheiro e a lava, para que todos possam ver como são bonitas? ”. Encantada a menina lavou as mãos e voltou radiante, ela mostrou as mãos para a professora, toda orgulhosa. “São mesmo lindas! Veja que diferença um pouco de água e sabão fazem”, disse ela à menina enquanto a abraçava cordialmente.

Depois disso a garota chegava à escola um pouco mais limpa a cada dia, tendo eventualmente chegado a ser uma das alunas mais bem arrumadas da classe. Porque a menina mudou tanto? Porque alguém a elogiou ao ver os seus pontos positivos apreciados, ela melhorou.

Diretrizes para o Elogio

Elogie o desempenho da criança e não a sua personalidade, devemos cumprimentar a criança pelo que fez e não o seu caráter. Em lugar de fazer comentários sobre o caráter, o louvor deve reconhecer as tarefas bem-feitas, delicadeza com os outros, confiabilidade e honestidade. Os pais devem elogiar o filho por esforçar-se para fazer o bem as coisas, mesmo que não tenha muito sucesso, o louvor deve apontar para o progresso.

Louve aquilo que é responsabilidade da criança e não o que não depende dela. Por exemplo, não depende dela, ter cabelos bonitos ou olhos azuis. Louvar a criança por essas coisas, pode torna-la orgulhosa e presunçosa, mas elogiar seu filho por atos de bondade e generosidade não o estraga em o torna orgulhoso.

Reconheça que o louvor é especialmente necessário por partes das pessoas que são importantes para a criança, os pais são as pessoas mais importantes no mundo infantil. O mundo da criança é pequeno e os pais são o centro desse mundo. Quando os pais os elogiam, eles se sentem amados e seguros.

Elogie com sinceridade. A criança sabe quando você é sincero, ela não pode ser enganada, o louvor não ousa ser falso, a sinceridade ensina a criança como aceitar cumprimentos com facilidade e receber honras com humildade.

Elogie a criança pelo que fizer por sua própria iniciativa. Fazer algo digno de louvor sem ninguém mandar merece um encorajamento especial, tal elogio leva a uma autoconfiança ainda maior, isso significa que os pais também devem estar a elogiar também um perdedor. As atitudes assim como os sucessos são dignos de elogio. Cumprimentar uma criança que tentou, mas perdeu, lhe dá coragem para continuar tentando e motivação para os tempos difíceis que toda pessoa tem de enfrentar.

Tenha em mente, que quanto mais cedo for feito o elogio, melhor. Por isso é sempre bom os pais estarem presentes na vida de seus filhos. A atitude dos pais é tão importante quanto as suas palavras de ânimo, a maneira como um pai para o que está fazendo para ouvir, a maneira como participa do fracasso ou sucesso, o tom de voz dos pais, tudo isso cria uma atmosfera que anima ou desanima a criança.

Que Deus nos ajude a sermos pais melhores, a valorizarmos essa missão que recebemos e principalmente amar incondicionalmente nossos filhos, dando a atenção que eles merecem e sabendo com sabedoria elogiá-los em tempo oportuno.

Os filhos são herança do Senhor, uma recompensa que ele dá, como flechas nas mãos do guerreiro são os filhos nascidos na juventude. Como é feliz o homem que tem na sua aljava cheia deles! Não será humilhado quando enfrentar seus inimigos no tribunal. Salmos 127:3-5

Um forte abraço e até a próxima!

Texto: Silvia Alves Ferreira Antunes - Fotos: Thiago Claudino | Lucas Gonçalves - E-mail: pibanchieta01@gmail.com - Instagram e Facebook: @pibamultisite